sexta-feira, 17 de maio de 2013

Mudar a decoração com tinta em spray


Isto do spray pegou, eh,eh!

Ontem deu-me para isto, já ao tempo que eu queria mudar a cor daquela parte metálica da lareira.

Depois de ter visto no Arte e Manha tanta coisa que a Carla mudou só com uma latinha de spray pedi-lhe um conselho. A Carla disse-me para pintar aquela zona com um spray de altas temperaturas, e assim começou a aventura...

Comprei no Continete um spray de altas temperaturas para automóvel por 2,99€, a latinha era pequena, mas devia dar para o que eu queria. Ontem, já sem o Hominho em casa, pus mão à obra e retirei as partes metálicas. Só que uma delas era atravessada por uns fios eléctricos e eu não gosto de mexer nessas coisas, ainda fazia alguma asneira. Mas também queria fazer uma surpresa ao Hominho, não lhe podia pedir nada e não queria esperar, já tinha os dedinhos malucos para começar a sprayar, eh, eh.

Solução, pintei ali mesmo. Começou a ficar tudo escorrido, uma porcaria, bolas que ia ter uma rica surpresa. Já com os cabelos em pé, resolvi ir à drogaria, aqueles senhores salvam-me sempre (eu acho é que eles pensam que não tenho homem em casa, ando sempre lá a chatear com a bricolage caseira).

Comprei uma latinha maior por 5.50€ e explicaram-me como devia fazer, o problema foi a distância, estava a sprayar muito perto. Trouxe diluente para limpar aquela porcaria e vim para casa mais satisfeita,

Levei as peças para a garagem, menos a que não saía, essa pintei-a novamente no lugar (não ficou perfeita mas remedeia). As outras ficaram mesmo bem, dando uma distância maior ficaram lisinhas (à excepção da parte de cima, deixei-a a secar quando cheguei já tinha lá 3 pêlos, mal se vêm, mas tinha de haver qualquer coisa a estragar).



Sei que não é uma pintura muito resistente, se calhar daqui a uns tempos terei de retocar, mas agora sei como solucionar isso num instantinho.

Gostei tanto do resultado final, agora só falta pintar o recuperador, está feio e com ferrugem, mas vai ficar para outro dia. Até tenho medo de começar.=P







Esta é a foto do antes, é que com a empolgação nem tirei uma. A parede já esteve de preto, antes de pintar novamente a sala, gosto mais como está agora, clarinha.

Nem vos contei a sujeirada que fiz, na sala, mas acho que podem imaginar. Isto da bricolage não é para quem quer, é para quem tem jeito, mas pelo menos tento.=P



Obrigada Carla pelos teus conselhos e ideias, salvaste a lareira mais feia de Portugal e arredores!


8 comentários:

Cris and Crafts disse...

Acho que ficou muito bem, agora ninguém te pára :)Bjs

Poupadinha disse...

Pois não! Que medo...=P

luarte disse...

Mas que grande trabalho. Muito profissional mesmo :)
A lareira ficou muito bonita.
Beijinhos

Carla - Arte e Manha disse...

Que bom que ficaste contente com o resultado! Ganhaste uma lareira nova por pouco dinheiro e sem ajuda do marido :)

A tinta em spray faz uma grande borrada: o ideal é usar uns jornais para proteger o chão e pintar num espaço exterior; mas calculo que não tivesses condições para isso, especialmente para o painel que tiveste receio de retirar da lareira. Parabéns pelo trabalho, beijinho.

Poupadinha disse...

Carla:

O melhor local para mim é mesmo a garagem. Para a próxima (espero que não seja tão cedo) peço ao Hominho para desligar os fios e assim pinto melhor.
Obrigada mais uma vez.;)

Walking on Sunshine disse...

Ficou muito bonita a tua lareira :)
bjs
Lulu

Paula_2700 milhas disse...

Parabéns pela ideia! Não te assustes com a sujeirada e com as pequenas coisas que não correm às mil maravilhas, isso acontece a TODOS os que põem mãos à obra. Mesmo que não o digam, é assim mesmo :)

Mudar a cor com tinta em spray é uma boa ideia para renovar objectos, monos e companhia. Bom trabalho, Poupadinha!

PINTA ROXA disse...

Adoro essas "latinhas" são muitas vezes as salvadoras cá de casa, e sim a distância com que se pinta é muito importante para que a tinta não escorra.

Related Posts with Thumbnails