terça-feira, 21 de setembro de 2010

Está aí, não tarda nada!


Oh oh oh! É verdade o Natal está aí não tarda nada. Pode parecer coisa de loucos, mas a verdade é que já vejo muita gente a antecipar-se a esta data e a fazer as suas compras de Natal.
Confesso que sempre fui daquelas que deixa para a última hora, mas este ano vou fazer de maneira diferente. Não quero chegar à época Natalícia e enfiar-me em shoppings horas a fio e sair de lá com os cabelos em pé e mais cansada do que se tivesse ido para as vindimas.
Também não pretendo gastar rios de dinheiro em tralha inútil, que não serve para nada e que não vai ao encontro do gosto da pessoa. Depois é vê-la a abrir a prenda com uma grande expectativa e esboçar um sorriso amarelo que é para não ser mal educado: "Que giro!"
A verdade é que é difícil agradar todos os gostos e também o significado do Natal não é prendas, consumismo, pessoas loucas pelas lojas e em grandes bicharocas para gastar o seu décimo terceiro mês e décimo quarto (se houvesse).
Este ano já tinha feito umas compritas quando fui a Espanha, verdadeiras pechinchas que trouxe de lá. Já comprei também por cá umas garrafitas em promoção (para oferecer aos homens), e também não vou oferecer prendas ao mundo inteiro, só faltam algumas prenditas para dar a familiares mais próximos. Para os amigos talvez uma caixa de chocolates, é só uma lembrança que ao menos sempre tem alguma utilidade. E se não gostarem de chocolates? Podem oferecer aqui à amiga que lhes faz o jeito. Nada se desperdiça!
Ontem já estive a fazer a lista das prendas, assim evito stress, filas, correrias de última hora e aproveito para viver essa época que é de PAZ E AMOR!

Também já me inscrevi no Ebay para ver se arranjo algumas pechinchas. Devo dizer que ano passado comprei dois jogos, que são caríssimos, em segunda mão e estavam como novos, para o meu filhote. Por 30€ comprei o Monopólio com multibanco e o Trivial Edição Familiar, impecáveis.
No poupar é que está o ganho! E se puder guarde o seu subsídio de Natal para uma poupança.

3 comentários:

Mãmãzita disse...

Tenho andado seriamente a pensar nisso, só tem vantagens, mais calma depois quando chegar a época; melhores preços..

Dama das Camélias disse...

Olá!
Eu também penso sempre que mais vale ir comprando, do que chegar a hora e estar naquele impasse em que tudo é caríssimo e uma pessoa está 3h numa fila!
Infelizmente nem tenho 13 mês,claro que gosto imenso de receber presentes, mas acho que o que conta realmente é a intenção, não é o valor do presente que ampara a árvore.

Alma disse...

Pois a minha também já está feita!
Eu todos os anos faço e compro com antecedência,aos poucos vou comprando á medida que for vendo. Apenas fica para o fim o que é para os familiares do meu marido porque ele nunca se decide (e é ele que conhece os gostos) e depois lá vou eu tipo bombeira de SOS nos últimos dias.
Este ano terá que ser diferente, porque a data prevista para o bébé vir ao mundo é 26 de dezembro. :S:S
Mas eu só compro presentes para os pequenos e pais, os restantes são lembranças apenas para a data não passar em branco.
bjs e bom dia

Related Posts with Thumbnails